arte.cultura.pensamento

Movimento Nós da Sul: “Nunca mais pagaremos aluguel”

Desocupação Plínio de Arruda Sampaio
Compartilhe

No dia de hoje, terça-feira – 14/07/2015, a ocupação no extremo sul dDesocupação Plínio de Arruda Sampaioa cidade de São Paulo “Plínio de Arruda Sampaio” promovida pelo movimento “Nós da Sul” a quase um ano atrás foi desocupada. Assim como em outros momentos quando PARACATUZUM esteve em contato com o Toninho do Pinheirinho em São José dos Campos e a ocupação José Luis e Rosa Sundermann hoje a rádio Paracatuzum através do programa Dedo de Prosa ouve Bruno Magalhães coordenador da ocupação “Plínio de Arruda Sampaio” e dá continuidade esse debate.

[caption id="attachment_1408" align="alignleft" width="300"]Desocupação Plínio de Arruda Sampaio Desocupação Plínio de Arruda Sampaio[/caption]

 

Bruno Magalhães apresenta a história da ocupação Plinio, bem como debate os pilares da organização do movimento popular por moradia e sua reorganização após a reintegração de posse feita pelo Prefeito Haddad. Numa configuração de cidade que cada vez mais exclui e marginaliza os pobres, o movimento por moradia é um bastião pelo direito a cidade, pela reforma urbana e pela moradia digna para aqueles que já não aguentam mais os preços estratosféricos dos aluguéis e o valor inacessível da casa própria. Nesse sentido a perspectiva do movimento, segundo Bruno, é que “nunca mais os participantes do movimento Nós da Sul vão pagar aluguel”.

 

Acompanhe o trecho da entrevista que irá ao ar no dia de hoje (14/07) às 22h.

 

 

One Comment

  • maria valdirene nogueira
    Posted 14 de julho de 2015 at 17:31 | Permalink

    eu quando mais jovem participei de varias manifestacoes , casei e criei meus filhos hoje encontrei nos da sul e me identifiquei com os guerreiros q sao, m juntei a eles na luta pela moradia e outras questoes parabenizo a todos principalmente ao rapozao lutador q nao deziste.estarei ao lado nessa briga ‘!ainda nao tenho minha casa mais com deus na frente e nos da sul vamos conseguir .

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *