arte.cultura.pensamento

Paracatuzum Pós-Golpe

Compartilhe

Levamos um baita golpe. Foi baixo, raso, ralo e grotesco. Como os incontáveis outros que nos derrubam há séculos na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapé.

Os mesmos bandeirantes, senhores de engenhos, coronéis, latifundiários ou rentistas de sempre. Meia dúzia. Poucos que vivem da moagem de gente. Muita. Seus suores, sangues e sugam. Chupam até o caroço.

O QUE FAZER?

Que caminho?

Podemos, até, não saber. Mas, não caminhamos sozinhos!

Paracatuzum…


Fotografia: Danilo Mendes

One Comment

  • Doni
    Posted 9 de setembro de 2016 at 9:55 | Permalink

    Greve dos bancários 2016… apesar do Sindicato!

    Greve termina a luta não acaba!

    No dia em que a luta tiver a hora marcada
    Só se lutar em uma sala muito despolitizada
    Querendo o que não pode, colher o que não plantou
    Escutando um letárgico e péssimo orador
    Falando do que não sabe com uns patetas ao lado
    Fazendo esforço medonho pra nossa luta acabar
    Sem garantir os direitos de quem quer continuar
    Falo com muita tristeza, diante dessa fraqueza
    Sindicato não presta mais!

    Um bando de vagabundos que vivem a explorar
    Tarifas e taxas bestas somente para lucrar
    Sem dar retorno à luta essa contribuição
    Mas lá existe um barbeiro pro seu cabelo cortar
    E se alguém é demitido tá lá para homologar.
    Greve é de adesivo com trabalhador no ponto
    Mas com as portas fechadas pro público enganar
    Diante dessa moleza eu te falo com franqueza,
    Sindicato não presta mais!

    Um cabra que há trinta anos tá lá sem oposição
    Acostumado a mandar e com as rédeas na mão
    Com cabras alienados que faz pena só de olhar
    Mas colam cartazes bem, deixando alinhadinho
    Quando pergunto se é luta e qual a reivindicação
    Ele responde “eu não sei vou ver com a Federação”
    Pedem benção aos prepostos cortejando um regional
    Constato envergonhado não estou representado
    Pois, meu Sindicato não presta mais!

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *